Conceituação

Conceituação

A palavra “sustentável” provém do latim sustentare (sustentar; defender; favorecer, apoiar; conservar, cuidar). Sustentabilidade nos dicionários está definida como a habilidade, no sentido de capacidade, de sustentar ou suportar uma ou mais condições, exibida por algo ou alguém.

É uma característica ou condição de um processo ou de um sistema que permite a sua permanência, em certo nível, por um determinado prazo.

Mesmo parecendo redundante, em tempos mais recentes esta palavra tornou-se conceito e princípio. O conceito de sustentabilidade começou a ser delineado na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano (United Nations Conference on the Human Environment – UNCHE), realizada em Estocolmo em 1972, e cunhado pela norueguesa Gro Brundtland no Relatório “Nosso Futuro Comum” (1987). De acordo com essa definição, o uso sustentável dos recursos naturais deve “suprir as necessidades da geração presente sem afetar a possibilidade das gerações futuras de suprir as suas”.

Mas afinal, o que é sustentabilidade?

Sustentabilidade é um conceito sistêmico, relacionado com a continuidade dos processos econômicos, sociais, culturais e ambientais globais.

Propõe-se uma outra maneira de configurar a civilização e a atividade humana, de tal maneira que as sociedades e as suas economias possam satisfazer as suas necessidades e expressar o seu maior potencial no presente e ao mesmo tempo preservar a biodiversidade, os ecossistemas naturais e a qualidade de vida das pessoas. A ideia é beneficiar e/ou reduzir o impacto em todas as partes envolvidas, através de processos que se mantenham ao longo do tempo por prazo indefinido.

A sustentabilidade abrange vários níveis de organização, desde o local até o planetário e permite que se mude a forma de se relacionar com o meio. Dessa forma, princípios de sustentabilidade podem ser aplicados em um empreendimento, uma pequena comunidade ou até no planeta como um todo.

O termo sustentabilidade rapidamente foi implantado no vocabulário politicamente correto de empresas, organizações da sociedade civil, meios de comunicação de massa, etc. Entretanto, é realmente importante estar atento se o seu uso está de acordo com a sua definição e seus pilares: a atenção às questões sociais, ambientais e econômicas de qualquer empreendimento, comunidade e socidade, como citamos acima.

Existem também diversos artigos acadêmicos relacionados à pertinência da palavra “sustentabilidade” para a difusão de seu conceito. Contudo, nós do LASSU seguimos usando a palavra como parte de nosso posicionamento. Acreditamos ser um ganho a ampla difusão desse conceito nos últimos anos. Contaremos com inovação e cooperação para criar e estimular soluções ainda impensadas. Precisamos ter consistência e coerência para que a prática da Sustentabilidade convença e atraia cada vez mais pessoas. Valorizamos, porém, qualquer estudo e pesquisa relacionada à semântica do tema da sustentabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>