MBA USP Gestão Integrada de Resíduos Sólidos

  • MBA USP - Gestão de Resíduos Sólidos
    A sociedade acumula um volume crescente de resíduos. A obtenção de ganho financeiro, ambiental e social desses resíduos depende da sua gestão integrada.
  • Politica Nacional de Resíduos Sólidos e Responsabilidade Compartilhada
    A PNRS estabelece a responsabilidade compartilhada pela destinação correta dos resíduos sólidos, entre o produtor, distribuidor, vendedor e consumidor.
  • Politica Nacional Resíduos Sólidos e Inclusão Social
    A PNRS prevê a inclusão dos catadores de material recicláveis na logística reversa dos resíduos.

MBA USP Gestão Integrada de Resíduos Sólidos

Os resíduos sólidos (RS) deveriam ser vistos como um dos mais sérios problemas ambientais e de saúde pública da vida contemporânea. As consequências de seu manejo e disposição inadequados se refletem tanto direta ou indiretamente na saúde da população quanto na sobrevivência dos ecossistemas. Esses custos ambientais e sociais decorrentes da produção, manejo e disposição inadequada de RS são substanciais e crescentes. Atualmente, a questão da sustentabilidade na gestão de resíduos passou a ser um tema de extrema para profissionais nos setores publico e privado. Muitas dimensões estão relacionadas a essa matéria, entre elas: o aspecto legal, econômico, social e comportamental. A necessidade de uma visão sistêmica para a compreensão da problemática, planejamento e gestão de resíduos sólidos, em direção a políticas públicas que enfatizem a coordenação intersetorial, é, portanto, evidente. No passado, o custo econômico dos serviços de RS era o principal fator de controle nos processos de tomada de decisão; contudo, recentemente, considerações ambientais têm desempenhado um papel mais significativo. Há uma necessidade imperativa de integrar todas atividades dentro da gestão de resíduos sólidos, baseando-se na prevenção e em opções de tratamento, conforme as características físicas e químicas de cada resíduo.

Atualmente, o Brasil está vivenciando uma fase de forte desenvolvimento econômico, com crescente industrialização, urbanização e crescimento populacional, resultando em mudanças no estilo de vida, produção e consumo da população. Como consequência direta desses processos, tem havido um aumento tanto na quantidade quanto na diversidade na produção de RS, especialmente nas empresas e nos grandes centros urbanos. Lidar com essa questão numa abordagem multidisciplinar proporcionará ao aluno deste curso uma oportunidade de confrontar os problemas relativos aos RS de forma inovadora na busca da gestão sustentável destes resíduos. O Brasil ainda carece de profissionais com uma compreensão mais integrada sobre essa questão e que possam contribuir para uma gestão mais eficiente seja no setor público seja no privado. Este curso pretende responder a esse desafio dada a complexidade da cadeia produtiva; o comportamento individual e coletivo; as características do resíduo gerado; os impactos da GRS; os atores formais e informais envolvidos; a inclusão social; saúde pública e as regulações e políticas. Diante deste cenário, este programa de MBA torna-se importante viabilizando não apenas a atualização do profissional em relação às tendências tecnológicas e de gestão na área , mas também acriação de uma nova perspectiva e visão com a incorporação de conceitos de sustentabilidade nas suas atividades profissionais do dia a dia. Além disso, esse MBA atende à demanda crescente de profissionais capacitados na área de Gestão de Resíduos Sólidos, criada pela Politica Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), Projeto de Lei 203/1991, que entrará em vigor em 2014.

saiba mais…

MBA USP Gestão Integrada de Resíduos Sólidos

Já estão abertas as inscrições para o programa de MBA oferecido pelo Lassu.
Inscrições online ou presencialmente.

Para mais informações clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>